menu
 
Sinto um vazio cá dentro.

Enche-me de coisas maravilhosas!
26 Nov

Shampoo

Shampoo

O que é e para que serve?

 

A pele produz naturalmente óleo que protege o cabelo e os folículos pilosos. Embora seja benéfico, com o tempo acumula-se e deixa o cabelo oleoso fazendo com que a sujidade e pequenas partículas indesejadas fiquem presas, contribuindo para uma má aparência. O sebo, sendo um óleo, é hidrofóbico. Dessa forma, quando se trata de lavar a raiz e remover a oleosidade, somente a água não vai garantir o resultado esperado, temos então de introduzir o shampoo.
O shampoo interage com a oleosidade do cabelo garantindo a sua remoção e, para além disso, tem também a finalidade de cuidar do cabelo mantendo-o hidratado, brilhante e sedoso.

 


Quais são os ingredientes mais usados e a sua função?

 

Os shampoos têm diversos ingredientes, sendo os mais comuns os seguintes:
Agentes condicionantes, como o dimeticona e ciclometicone, que são óleos à base de silício, que promovem os cabelos sedosos e hidratados, de forma a evitar irritações no couro cabeludo após a remoção de todas as gorduras. Podemos encontrar o pantenol e o ácido cítrico, que são outros agentes condicionantes que promovem o brilho dos cabelos.
Os espessantes, que são agentes que garantem um aspeto cremoso e denso ao shampoo, proporcionando uma sensação mais agradável ao utilizador.
Os modificadores, ingredientes que melhoram a aparência do shampoo, isto é, oferecem cor ou textura ao produto. O diestearato de glicol é um dos ingredientes usados para esse efeito.
Os impulsionadores de espuma, ingredientes que nos proporcionam um resultado visível de que o produto está a atuar, ou seja, através da espuma que o shampoo produz, esta oferece uma sensação de eficácia. Dois tipos de impulsionadores de espuma que existem são o lauramida DEA e a cocamida DEA, derivados de ácidos graxos, que quando trabalhados em conjunto com o trietilenoglicol, garantem à espuma um aspeto mais leve e consistente.
Por fim, os conservantes, que são ingredientes responsáveis por manter a eficácia do shampoo ao longo do tempo, impedindo que se formem fungos e bactérias no shampoo.

 


Que vários tipos existem e quais as suas diferenças?

 

Os shampoos leitosos são os que proporcionam uma limpeza mais suave. Geralmente são utilizados em tratamentos específicos, como para caspa ou outros problemas do couro cabeludo. Como tal, são indicados para cabelos pintados, pois são menos agressivos com a cor.
Os shampoos perolados são recomendados para uma utilização diária na maioria dos tipos de cabelo, apenas podem ser pouco eficazes em cabelos muito oleosos.
Os shampoos transparentes são mais eficazes que os leitosos e os perolados, porém não tão agressivos. Principalmente indicados para os cabelos oleosos, são bastante eficientes sem provocar o ressecamento do cabelo.
O shampoo anti resíduos, de todos os anteriores, é o que promove a limpeza mais profunda. Como tal, é indicado para cabelos muito oleosos. No entanto, o seu uso deve ser limitado, pois podem provocar mais facilmente o ressecamento do cabelo.

 


Qual o formato da embalagem mais usada e quais os tamanhos mais frequentes?

 

As embalagens dos shampoos sofrem pouca variação, geralmente são em barra, frasco ou doseador.
No caso do shampoo em barra a embalagem mais usada é uma caixa ou um pequeno embrulho, podendo o seu tamanho variar entre 50g a 150g.
No caso dos shampoos líquidos as embalagens mais comuns são os frascos e doseadores. A sua quantidade mais frequente é de 250ml, no entanto, podem variar entre os 125ml até formatos maiores como 500ml ou 1000ml.

 


O que se deve ter em conta ao escolher um shampoo?

 

Se tiver cabelo oleoso, deve optar por um shampoo transparente, pois este é capaz de combater a oleosidade, mas não irá ressecar o cabelo.
Para os cabelos finos, depende se o cabelo é fino e liso ou fino e cacheado. No caso dos cabelos finos e lisos, estes tendem a ser mais oleosos, como tal, deve optar por um shampoo perolado ou um shampoo transparente. No caso dos cabelos finos e cacheados, onde a oleosidade natural não se consegue estender ao longo dos fios, é importante investir em shampoos nutritivos que não sejam muito agressivos.
No caso de ter o cabelo seco, o ideal é optar por um shampoo bastante suave, mas muito hidratante para restaurar os fios de cabelo.
Para os cabelos quebradiços, muitas vezes causados pelas elevadas temperaturas das diversas ferramentas de cabelo e pelas colorações capilares, deve optar por um shampoo reconstrutor que dará ao cabelo os nutrientes necessários, recuperando a sua forma.
No caso dos cabelos mistos, a melhor abordagem é optar por um shampoo específico para cabelos mistos ou um shampoo transparente.

 


Quais os conselhos de utilização e dicas?

 

É muito importante fazer a escolha correta do produto, ou seja, avalie o seu tipo de cabelo e procure um shampoo que se adeque ao mesmo.
Deve molhar muito bem o cabelo antes de aplicar o produto, pois ajuda a que este penetre melhor até ao couro cabeludo.
Além disso, para que o produto fique mais diluído, uma boa opção é espalhar primeiro nas mãos e só depois passar para o cabelo.
Outro fator chave é o modo como se massaja o shampoo no cabelo, devendo fazê-lo suavemente com as pontas dos dedos, nunca com as unhas, para evitar ferir o couro cabeludo. Após isto, deve enxaguar muito bem, garantindo que não deixa resíduos de shampoo tanto no couro cabeludo como no próprio cabelo.
Pode ainda fazer uma dupla lavagem, pois na primeira passagem serão removidos o excesso de impurezas e de oleosidade, só na segunda lavagem é que os cabelos ficam totalmente limpos.

 


Quais os prós e contras de usar shampoo?

 

Com o uso regular de um shampoo, conseguirá melhorar bastante a saúde e a aparência do cabelo.
Além disso, os shampoos concedem brilho, leveza e saúde ao cabelo.
Em certos casos, as reações alérgicas podem ser desencadeadas por estes produtos. Nesses casos, será importante verificar a composição do produto e certificar-se que nenhum deles possa vir a ser prejudicial.

 


Quais as marcas de referência de shampoo?

 

Relativamente a marcas de referência de shampoos, a Schwarzkopf foi a marca que iniciou esta indústria. Tem sido uma marca de sucesso até aos dias de hoje, com diversas linhas muito vendidas e bem-sucedidas, tal como a BC Fibre Force Fortifying.
A Joico também é uma marca de referência, com a sua linha K-PAK.
A Kérastase atualmente é uma das melhores marcas que se encontram no mercado a nível capilar, com uma imensa gama de shampoos e condicionadores de grande sucesso, tais como a Chronologiste, Blond Absolu, Soleil, entre outras.

 

 

Voltar para a Loja

Shampoo na Loja Glamourosa

 

Este website utiliza cookies de acordo com a política em vigor. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização.
Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Cookies.